Curta!

Sol em Júpiter | Lola Salgado

3 de julho de 2020

                                                                                                                                                             
Oi, oi, oi, leitores! Como vocês estão e o que andam lendo?
Como podem ver, hoje decidi falar por aqui sobre o livro Sol em Júpiter, que eu li há algumas semanas.

Decidi ler Sol em Júpiter porque queria muito ler algo da Lola Salgado e imaginei que começar pelo que (se não me engano) é o primeiro livro dela seria uma ótima ideia. Mergulhei na leitura sem nem ao menos ler a sinopse, tudo o que eu tinha era a primeira impressão causada pelo título e pela capa... não sei se amo ou odeio essa sensação de não saber o que esperar de uma história (mas devo amar, porque vivo fazendo isso).


Título: Sol em Júpiter
Autor: Lola Salgado
Editora: Harlequin
Páginas: 256
Ano: 2018
Gênero: romance / young adult
Nota: ⭐⭐⭐⭐
Sol Leão é uma famosa youtuber de Florianópolis. Apaixonada pela sua “juba”, que dá nome ao canal, a jovem mostra ao mundo seu estilo e sua vida perfeita em vídeos divertidos e calorosos. No entanto, a vida real pode ser um pouco diferente disso, e um jovem com o estranho nome de Júpiter aparece para balançar o mundo de Sol e questionar as certezas que ela achava que tinha.
Em Sol em Júpiter iremos conhecer Sol (chamada carinhosamente de Juba por seus fãs)uma jovem youtuber muito conhecida, que carrega uma história de vida com a qual muitas garotas certamente se identificariam e que tem tudo a ver com o sucesso que a protagonista conseguiu conquistar.

Viciada nas redes sociais, ela se expõe excessivamente, vendendo a imagem de uma vida perfeita.
O jeitinho extrovertido, atrapalhado e viciado em trabalho de Sol são características marcantes da personagem. E são justamente essas características, juntamente com seus esforços para conseguir conciliar seu trabalho com sua vida pessoal e tentar manter a boa imagem, que a colocam em apuros e começam a revelar que sua vida não é tão perfeita quanto parece.
"Não vale a pena tentar ser uma pessoa que você não é, ainda mais por pressão dos outros. É impossível ser feliz assim."
É no momento em que a vida da personagem está de pernas para o ar que ela conhece Júpiter, um rapaz simpático que, por mais que o tempo passe, não sai de sua cabeça. E é a partir do primeiro encontro de Sol e Júpiter que a trama realmente começa a acontecer.


Como eu já disse, eu não sabia bem o que esperar dessa leitura. Minhas únicas expectativas eram de que fosse uma leitura leve, divertida e que de alguma forma estivesse relacionada com astrologia (por causa do nome kkk). Para minha felicidade, minhas primeiras impressões estavam corretas. Sol em Júpiter foi um livro que gostei muito de ler e me rendeu boas risadas.

No quesito humor, Sol sem dúvidas é o ponto forte da história. A personagem vive se atrapalhando e se envolvendo em situações constrangedoras, que me divertiram muito.
Além das trapalhadas de Juba, o amor genuíno que ela sente por suas fãs foi algo que colaborou para que eu gostasse da personagem. No entanto, a protagonista tende a ser uma pessoa muito superficial durante a maior parte da história, o que me impediu de gostar dela tanto quanto poderia.
"Até me arrisco a dizer que as melhores coisas não fazem sentido algum."
É claro que é Júpiter o meu personagem favorito. Com seu jeitinho calmo, doce e educado, mas ao mesmo tempo sedutor, o personagem foge completamente do estilo "badboy que faz tudo errado" que encontramos na maior parte das histórias. Júpiter é o tipo de cara que faz bem para uma garota ter em sua vida, e foi impossível não me apaixonar por ele.

A relação entre Sol e Júpiter é incrível, a conexão entre eles é algo que qualquer pessoa desejaria ter, e foi muito bom acompanhar como as coisas entre eles foram acontecendo.


A história conta ainda com outros personagens maravilhosos que fazem parte da vida de Sol e Júpiter, e também com personagens nos quais foi impossível não querer dar uns tapas (risos).
A escrita da Lola é maravilhosa e fez com que eu me sentisse "pertinho" da história, sabe? O enredo é bem simples, mas a leitura fluiu super facilmente, e a história foi bem gostosa de se ler e bem escrita.

SOBRE A EDIÇÃO:

A capa de Sol em Júpiter é simplesmente perfeita e combina totalmente com a vibe da história. Mas, no fim das contas, eu não esperaria nada menos da capa de um livro da Lola (apesar de, se não me engano, a capa não ter sido feita por ela), não é!? A diagramação do e-book, as estrelinhas no início de cada capítulo, a revisão... tudo está incrível, eu realmente amei.

Apesar de ter curtido muito a leitura, acredito que irei gostar mais dos livros publicados posteriormente pela autora, que me parecem manter o "jeitinho" da Lola mas ter uma pegada um pouco mais madura, e estou ansiosa para lê-los.

E vocês, já leram Sol em Júpiter?


Me acompanhe nas redes sociais:

Sugestão de pauta ou parceria: maisumcapituloblog@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário