Curta!

O homem dos meus livros - Evy Maciel

11 de fevereiro de 2020

Quem é que nunca leu um romance (ou vários haha) que fez com que desejasse que um homem como os homens dos seus livros aparecesse em sua vida? Acredito que toda apaixonada por romances já passou por isso, e Jules Clarckson não é diferente.

Sou alguém irreversivelmente apaixonada por livros hot, e por esse motivo foi um prazer enorme começar 2020 tendo a Evy Maciel como minha parceira. O livro escolhido para dar início à essa parceria foi O homem dos meus livros, que é o primeiro da série Homens que Amamos, e é sobre ele que vou falar nesse post.

O Homem dos meus livros conta a história de Jules Clarckson, uma mulher forte e que, apesar de ter pais com uma boa condição financeira, luta pelo que quer. É uma personagem com quem me identifiquei muito (e acho na qual acredito que toda leitora de romances irá se ver um pouquinho também). Afinal, qual de vocês nunca desejou poder encontrar um homem que te amasse tanto, assim como acontece nos livros? Jules é sonhadora, tem uma alegria contagiante e bom senso de humor. Ela tem o hábito de falar o que vêm à cabeça, e é uma personagem (implicitamente) feminista... Mas ela tem um problema: prefere fugir de certas situações do que encará-las e "dar a cara à tapa".

Jules é uma jornalista recém-formada, apaixonada por livros de romance, e sonha em viver uma história emocionante como as dos livros que tanto lê. Entretanto, o que sempre acontecia em sua vida era o completo oposto: seus relacionamentos nunca iam muito longe, já que ela criava muita expectativa e idealizava o homem perfeito a partir da imagem mental que tinha de seus crushs literários (quem pode julgá-la, não é?).

"Não criar expectativas e evitar comparações entre homens do mundo real e personagens literários resolveria a maior parte dos meus problemas sentimentais."
A verdade é que Jules não esperava que essa sua fantasia de encontrar o homem dos seus livros se tornasse real. Mas aconteceu. Em um dia que parecia tão normal quanto qualquer outro ela começou a receber e-mails ousados e nada convencionais de um admirador secreto que a impressionava com palavras fortes, frases de impacto e algumas promessas. E não pense que para por aí! Jules conhece não apenas um homem dos seus livros, mas dois. E assim a vida da garota vai se tornando uma confusão de sentimentos, sem que ela saiba o que fazer e quem escolher (aliás, sua demônia interior / subconsciência provavelmente adoraria transar com os dois haha).

Seus dois pretendentes são homens diferentes em diversos aspectos, mas parecidos em muitos outros.
O Sr. Engravatado que envia e-mails é enigmático, ousado e sedutor. Ele sabe bem como deixar Jules excitada apenas usando as palavras e, apesar do risco, ela deseja viver essa aventura com ele (não julguem, talvez vocês também não conseguissem resistir à tentação haha).
O Moço do Central Park é um clássico tipo A (aquele tipo para o qual, de maneira alguma, você diria não, e que deixa a calcinha molhada só de olhar - palavras da Jules, e não minhas). Ele é gentil e romântico, um verdadeiro cavalheiro, mas também é muito sedutor.
"Ele devia ter alguma espécie de "conexão sem fio" com minha demônia interior. Por isso ela estava tão caidinha por ele. E eu também."
O homem dos meus livros é o primeiro livro da Evy, e é uma leitura extremamente prazerosa, envolvente, leve, sem o excesso de drama e traumas que esse tipo de livro costuma ter. Algumas partes do enredo são um pouco previsíveis, mas acredito que todo livro do gênero seja assim, e não é algo que incomode.
É uma ótima dica para as leitoras que são apaixonadas por romances com uma pegada mais hot, ou para aquelas que querer começar a se aventura pelo gênero, e que buscam conhecer o trabalho de autores nacionais.
Estou ansiosa para fazer a leitura do livro O homem da minha vida, e de todos os outros que vêm a seguir.
"Não crie expectativas, não rotule um tipo favorito, pare de escolher, é coisa do acaso. Não procure mais... Ele vai te encontrar qualquer dia desses."
Compre o e-book aqui.

Me acompanhe nas redes sociais:

Sugestão de pauta ou parceria: maisumcapituloblog@gmail.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário