Curta!

Meus 5 crushs literários

24 de fevereiro de 2020

Olá leitoress. Como vocês estão? Hoje vim falar sobrem meus crushs literários. Acredito que, se você tem o hábito de ler, também deve ter ao menos um.


Jace Herondale (série Instrumentos Mortais):

Li a série Instrumentos Mortais, da autora Cassandra Clare, há alguns anos atrás (e pretendo reler esse ano) e desde então sou totalmente apaixonada pelo Jace. Ele é um personagem bem arrogante, e é assim por que tenta esconder que no fundo é tão vulnerável (tão humano) quanto todo mundo. Também é um personagem forte e corajoso, apaixonado pela "profissão". Algo que amo muito é sua relação com os irmãos.
Ah, preciso aproveitar o post para dizer que ele é bom demais para a Clary.
Por amar o Jace, acabei me apaixonando também pelo Dominic Sherwood (ator que o interpreta em Shadowhunters, que é esse da foto).


Ian Clarke (série Perdida):

Também faz um bom tempo que li Perdida, da autora Carina Rissi, e Ian é mais um personagem pelo qual sou apaixonada há um bom tempo. Ele é um homem doce e extremamente cavalheiro, lindo (segundo a minha imaginação haha) e apaixonante. Mal posso descrever o quanto ele é incrível. Ian é o sonho de qualquer garota.
Até pouco tempo eu não tinha uma "imagem" definida dele na minha mente, não tinha alguém pra quem eu olhasse e pensasse "uau, esse deveria ser o Ian), mas então em 2019 eu "descobri" o autor Rômulo Estrela e, MEU DEUS, ele é um Ian Perfeito.
P.S: Carina Rissi, se você ver esse post (o que é quase impossível), por favor fala pra fazerem um filme com ele como Ian.

Maven Calore (série A Rainha Vermelha):

É tão difícil falar sobre o Maven... Mas, bom, digamos que ele foi a maior decepção amorosa da minha vida. Nunca fui tão iludida antes. O Maven do primeiro livro é um cara simplesmente apaixonante. Alguém doce, atencioso, inteligente... Como eu pude ser burra o suficiente para não perceber que ele era perfeito demais pra ser verdade? Pois é, quando o livro um da série chegou ao fim, eu descobri quem ele realmente era.
Preciso dizer que: 1. nunca vou superar essa desilusão amorosa; 2. sempre vou amá-lo; e 3. parem de julgá-lo por que ele não é culpado de nada e ainda é meu neném.
Ano passado minha amiga me mostrou uma foto do Froy (esse cara maravilhoso da foto ao lado) e decidimos que queremos ele como Maven em uma adaptação haha.

Ethan Holt (Meu Romeu e Minha Julieta):

Diferente do que fiz para falar sobre os personagens anteriores, dessa vez não vou colocar uma foto de alguém que interprete ou que eu queira ver interpretando o personagem. Isso porque: 1º. ainda não tem um filme baseado no livro, então ninguém escolheu quem o interpretaria; 2º. fui incapaz, até o momento, de encontrar alguém pra quem eu olhasse e pudesse dizer que não dava pra negar que aquele tinha quer ser Ethan Holt.
Ethan é um cara problemático, introspectivo, e um pouco arrogante, mas evolui muito ao longo de sua história e se torna um personagem incrível, que não desiste do que quer, e que está disposto à tudo pela garota que ama. Ele também é muito talentoso e lindo. Foi um personagem que me fez amá-lo, despertou empatia, e pelo qual torci muito.

Davis (Tartarugas até lá Embaixo):

Por último, nas não menos importante, Davis. Apesar de ser um personagem secundário (em Tartarugas até lá Embaixo o foco principal da história não é o romance entre Aza e Davis, e sim os dramas pessoais da protagonista e sua relação com a amiga), ele me cativou. Por mais que ele seja o clássico (clichê) garoto milionário que quer algo que o dinheiro não pode comprar, Davis é alguém doce e simples, com problemas que palpáveis (o abandono do pai, o medo da solidão, a grande responsabilidade de cuidar do irmão mais novo), o que o torna um personagem muito real, e por isso é difícil não acabar se apaixonando por ele. Dentre todos os personagens masculinos escritos pelo Green esse é, sem dúvidas, o que mais me cativou.
Também não coloquei nenhuma imagem, porque ainda não encontrei ninguém que eu consiga ver como o Davis, e até o momento ainda não há nenhum ator escalado para o papel.

Bom... É isso. Esses são os meus crushs literários, personagens que de alguma forma me marcaram e me conquistaram. Alguns deles tem um lugarzinho especial no meu coração há bastante tempo, e outros chegaram um pouco depois, mas não tenho dúvidas de que permanecerão aqui.
Quais são seus crushs literários? Quais personagens você não consegue deixar de amar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário