Curta!

Antes que Tudo Acabe | Amanda Maia

"Doeu por alguns dias, mas em outros me acostumei com sua ausência."
Tive a honra de ser parceira da Amanda por duas vezes, e essa parceria me rendeu a oportunidade de conhecer duas obras incríveis: Our Fall (que é uma triologia, porém por enquanto só li o primeiro livro) e Me Faça Ficar (livro único) – a resenha desses livros estava no Laura Lendo, que foi hackeado, mas pretendo resenha-los aqui assim que possível.

No ano passado a autora lançou Antes que Tudo Acabe e, por saber o quanto seu trabalho é incrível (e também porque eu julguei o livro pela capa, que é lindíssima), eu fiquei super curiosa para fazer essa leitura. Decidi começar 2020 com o pé direito, e Antes que Tudo Acabe foi a minha primeira leitura do ano.


Título: Antes que Tudo Acabe
Autor: Amanda Maia
Editora: Reserve
Páginas: 508
Ano: 2019
Gênero: romance
Nota: ⭐⭐⭐⭐
Sinopse: No ano de 2008, dois jovens se encontraram em circunstâncias nada agradáveis, e, para Ellie, seu maior desafio naquela época era permitir que Lincoln se aproximasse.Mesmo com todas as tentativas de se afastar daquele que um dia seria seu marido, Ellie não resistiu aos encantos de Lincoln.O que eles não sabiam quando disseram sim no altar, é que seis anos depois, estariam enfrentando problemas que nenhum deles um dia sequer imaginou. O casamento está por um fio e Lincoln parece ter se decidido: eles vão se divorciar.Para ele, recomeçar é uma tentativa de salvar um barco que já afundou. Mas para ela, ainda há uma chance.Fantasmas do passado assombram a vida dos dois e ambos se veem em um impasse; se divorciar e seguir em frente ou superar e tentar de novo?

MINHA OPINIÃO

Antes que Tudo Acabe é um romance, escrito pela autora Amanda Maia, e foi publicado em 2019 de forma independente. Como já é típico das obras da autora, mais uma vez ela optou por criar uma narrativa onde podemos acompanhar a história pela perspectiva de dois personagens: Ellie Ann Tate e Lincoln Colleman, os protagonistas.

Ellie e Lincoln já haviam se visto algumas vezes, mas foi durante uma situação desagradável que eles realmente se conheceram. E, por mais que naquele dia nenhum dos dois viesse a imaginar, daquele momento que inicialmente não parecia significar nada surgiria um forte e conturbado amor. Um amor que os levaria bem cedo ao altar.


"Eu era da opinião de que se existe a remota chance de algo dar errado, pode acreditar, dará."
A Ellie Jovem e a Ellie Adulta do começo da história são bem parecidas: problemáticas, inseguras, egoístas e introspectivas. Elas também tem em comum a dificuldade para falar sobre seus sentimentos e as incontáveis tentativas de afastar as pessoas que tentam fazer parte de suas vidas.
Foi muito difícil para mim conseguir sentir alguma empatia por essas duas versões da Ellie, e confesso que enquanto ela foi essa pessoa eu passei a maior parte do tempo a vendo como uma personagem intragável. Eu sempre sentia como se Ellie tentasse dizer à si mesma que Lincoln tinha mais culpa do que realmente tinha pela situação que eles estavam passando, e isso me deixava profundamente irritada. Apesar disso, não posso dizer que Ellie não seja uma personagem na qual de certa forma eu me vi (tenho muita dificuldade de falar sobre o que sinto quando os sentimentos são ruins).

Lincoln tanto em sua juventude, quanto em seu período adulto, se mostra um homem íntegro e de valores, e estava sempre tentando fazer o seu melhor como namorado / marido. Ele é o extremo oposto de Ellie, sempre a colocando em primeiro lugar e sendo totalmente aberto quanto aos seus sentimentos. Acredito que possam imaginar que ele é um personagem pelo qual é fácil se apaixonar.
Eu diria que, de certa forma, cada erro de Lincoln que colaborou para que seu casamento se desgastasse foi causado pelos erros da própria Ellie – o que, é claro, não o justifica.

Por todos os anos que estiveram juntos o relacionamento dos protagonistas foi absurdamente tóxico, e esse foi provavelmente o principal motivo para que seu relacionamento chegasse tão perto do fim.
Ellie sempre fechava, e por isso não havia diálogo entre os dois, tornando impossível que os problemas fossem resolvidos com uma conversa saudável.

Acompanhar essa narrativa, que é contada tanto por Lincoln quanto por Ellie, e é alternada entre passado e presente, foi algo que gerou dentro de mim um misto de sentimentos que, ainda nesse momento no qual escrevo a resenha, demoro a encontrar palavras para descrever.

"O ser humano tem essa necessidade de ouvir o tempo todo como o outro se sente."
É claro que, como em toda boa história, os personagens vão amadurecendo e superando aquilo que é necessário. Lincoln e Ellie vão, à sua maneira, tentando ajeitar as coisas, mesmo que a vida tente derrubá-los vezes e mais vezes, e vão dando um novo rumo à história.

Eu comecei esse livro sem saber muito bem o que esperar, e o que encontrei foi um livro que trás mensagens importantes sobre amor, perdão e compreensão, sobre a importância de falarmos sobre o que sentimos, e nos lembra que não devemos dar valor às coisas apenas depois que as perdemos. Um livro sobre esperança. Um livro que te surpreende de várias formas.
Um romance intenso, dramático, tenso e que (parafraseando a Amanda) nos deixa em frangalhos. Um casal pelo qual, apesar dos pesares, é impossível não torcer. E uma história que, sem dúvidas, infelizmente transmite o que é a realidade de muitos casais.

Não posso dizer que Ellie seja uma personagem que cheguei a amar, diferente de Lincoln, mas aprendi a gostar dela e compreende-la.

Por mais que seja uma obra extensa, com suas 508 páginas, Antes que Tudo Acabe é uma leitura fluida. Eu amo a escrita da Amanda, porque ela tem um jeitinho de fazer com que você sinta como se estivesse assistindo aos acontecimentos, e não os lendo... Talvez por isso, pela dolorosa emoção passada ao leitor, e pelos momentos em que é possível sentir na pele a força desse amor, este tenha sido um dos raros livros que conseguiram me fazer chorar.

Curiosamente a Amanda me selecionou para parceira (mais uma vez) no dia em que eu estava terminando de escrever essa resenha, então aproveito aqui para agradecer por mais um ano no qual terei a oportunidade de ler e indicar as obras dessa autora que já tem um lugarzinho especial no meu coração. ♥

Compre o e-book aqui.


Me acompanhe nas redes sociais:

Sugestão de pauta ou parceria: maisumcapituloblog@gmail.com

25 comentários:

  1. Parece ser o tipo de livro que é a minha cara

    ResponderExcluir
  2. Minha paixão por leitura me fazendo surpresas mais uma vez ❤

    ResponderExcluir
  3. Quero muito ler este livro ❤️❤️❤️ até onde o amor alcança

    ResponderExcluir
  4. Sério eu fico com mais vontade de ler um livro quando tem críticas procuro sempre pesquisar sobre primeiro

    ResponderExcluir
  5. O título é muito bom, mas eu não posso mais ter mais livros com o tanto de livros que eu ainda preciso ler!. Vou ter que printar para não esquecer!, Droga kkkkk

    ResponderExcluir